Vegetarian way of life

O comportamento por trás deste estilo de vida. Nutrição, meio ambiente, vida animal, ética, consumo e comportamento, sob a ótica dos vegetarianos, veganos e simpatizantes. Aqui tudo se debate, mas nem tudo se come !!!

Wednesday, August 30, 2006

Fase de crescimento


a Time/CNN publicou na Time Magazine em 07 de julho de 2002, o resultado de uma pesquisa onde 4% dos americanos adultos se consideravam Vegetarianos, e desse total 5% se consideram Vegans. isto Sugere que 0.2% dos americanos adultos são Vegans.
Em 2002, o UK Food Standards Agency identificou que 5% dos participantes de um levantamento entre a população se declararam como Vegetarianos ou Vegans. Deste 5% aproximadamente 10% comem carne branca, aproximadamente a metade come peixe e 95% comem laticinios. Baseado nestes dados, os vegans representam aproximadamente 0.25% ou menos da população Inglêsa . O Times estima que há 250.000 Vegans na Inglaterra.

Fonte
http://en.wikipedia.org/wiki/Vegan

Tuesday, August 29, 2006

Vegetarianismo na mídia


Matéria da Revista Época, não é a melhor mas em linhas gerais fez um bom serviço para o vegetarianismo.

O Diretor Geral da Editora Globo, Paulo Nogueira, também é vegetariano.

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG74447-5990-421-1,00.html

Sunday, August 20, 2006

Os piores da política !


Porque se conhece o caráter de uma pessoa pela forma como ele trata os animais !

A serviço dos que não podem falar, falaremos por eles pois as eleições estão chegando.

Conheça os políticos que são contra os animais !!!

Veja a lista abaixo, lembre-se na hora de votar:

*ESTES SÃO CONTRA ANIMAIS:*

*Dep. Fed. Jose Thomaz Nono, do PFL de Alagoas* - Autor do PL 4.548/98 queRETIRA proteção aos animais domésticos e domesticados, da Lei de crimesambientais, para poder legalizar crueldade nos rodeios.

*Esperidião Amin - Governador de Santa Catarina* - Vem violandofrontalmente a decisão do Supremo Tribunal Federal ( STF), que proíbe aFarra do Boi. Faz vistas grossas porque políticos da região dão bois para osfarristas, em troca de votos. A farra do boi é uma das formas mais violentase cruéis de tortura.

*Deputado Antonio Ebling PL 4790/98 -* pretende isentar das penalidades doartigo 32 as atividades culturais, recreativas e desportivas, segundo ele,como briga-de-galo, tiro-ao-pombo, etc.

*Deputado Ronaldo Vasconcellos (PFL/MG) *PL 1695/99 - pretende liberar acaça amadora e de subsistência em todo o país.

*Deputado Adelor Vieira (PFL)* - apresentou projeto de lei pra derrubar adecisão do STF, regulamentando a Farra do Boi (inconstitucionalmente )

*Deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR)* - autor de projeto de Lei que atentacontra as reservas legais da Amazônia, que podem ser reduzidas de 80% para50%,podendo chegar a apenas 20% na elaboração do zoneamentoecológico-econômico.

*Dep. Xico Graziano - Relator do PROJETO DE LEI Nº 4.495-A/98, do DeputadoJair Meneguelli*. Deu parecer FAVORÁVEL, defende os rodeios e chama deignorantes os que defendem os animais.

*Deputado Roberto Pessoa -(PFL - CE)* PROJETO DE LEI 167/99 - Considera avaquejada como prática desportiva formal.

*Deputado Paulo Lima (PFL - SP)* PL 249/99 - Considera prática desportivaformal o rodeio completo.**Dep. Milton Monti (PMDB - SP)* PL. 388/99 - Regulamenta a realização derodeios e similares e dá outras providências correlatas.

*Dep. JAIR MENEGUELLI (PT - SP)* PL. 3456/97 - Institui normas geraisrelativas a atividade de peão de rodeio.

*Ex Ministro dos Esportes, Rafael Grecca* - A favor da regulamentação daprofissão de peões como atletas.

*Senador Roberto Freire* - ficou famoso entre os defensores dos animaisapós ter a seguinte frase publicada: *" Detesto cachorros. Por mim,exterminaria todos" (PPS-PE).

*Governador Jayme Lerner, do Paraná* - Legalizou a caça no seu estado,sancionando o projeto de lei de número 12.603, de autoria do DeputadoEstadual Aníbal Khoury (já falecido), apoiando os lobbistas fabricantes de armas na região Sul do Brasil.

*Victor Hugo Ribeiro Burko, Prefeito de Guarapuava , Paraná *- Instituio 1ºFESTIVAL DE CAÇA E CARNES EXÓTICAS DE ANIMAIS SILVESTRES DE GUARAPUAVA.Apoiou o projeto de lei que legalizou a caça no Paraná, do falecido Dep.Anybal Coury.

*Deputado Estadual Sivuca do Rio de Janeiro* Lei 3.207/99 (não foiregulamentada, proíbe permanência de animais ferozes em locais públicos,sendo que os animais ferozes desta Lei são cães que podem ser de pequeno,médio e grande porte que tem índole de fera e o animal deverá ser apreendidopor órgão competente. (detalhe: os animais ferozes, para ele, são quaisquercães que latem e/ou mordem quando provocados)

*Vereador Gilberto Palmares (RJ)* - projeto de lei 8555/98 que proíbe acriação e circulação de pit-bulls. Todos os pit-bulls seriam levados para acautelamento e lá permaneceriam até o fim da vida.

*Vereador Gerson Bergher (Thereza Bergher - sua esposa - "prefeitinha" deCopacabana )* - retira animais dos mendigos e chama a carrocinha (detalhe:nunca fizeram nada para ajudar os mendigos)

*Leila Malwee ( Leila do Flamengo )* - *perseguia e chamava carrocinha paraos gatos do Parque do Flamengo. Elaborou o projeto de lei 1441/99 quedeterminava o extermínio dos pit-bulls e rotweillers e proibia que andassemna rua, mesmo na coleira.*

Thursday, August 17, 2006

Franguinho Veloz ??? Só se for pra fugir da panela.




Sabemos que não será da noite para o dia que o mundo se converterá a dieta vegetariana, apesar de termos certeza que isso acontecerá inevitavelmente. Porém há algo que podemos considerar revoltante e que entendo como um insulto a minha inteligência e não gostaria de esperar essa lenta mudança do mundo para reverter isso, falo do uso da caricatura de animais felizes como referência a produtos onde, na verdade, o que se vende é a morte destes mesmos animais.

Esta estratégia da indústria alimentícia é falsa pois não transmite um fiel retrato da realidade que se passa com os animais, nem durante sua criação ou tampouco durante o abate. Isso é uma grave infração ética e legal, tanto perante o Conar quanto a Constituição Federal.

Isso equivaleria a colocar propagandas na época da escravidão, onde escravos recomendariam a compra deles, imagine uma foto de um escravo com uma fala: COMPRE O ESCRAVO FELIZ !!!

Espero que em breve, com a união dos grupos de respeito a vida animal, possamos tomar medidas judiciais contra essa enganação e falta de respeito que nos dias atuais ainda temos que aturar.

Abraços.

Monday, August 14, 2006

Menos arpões, mais câmeras !!!


Um dia escutei que a caça submarina era o esporte de maior "virilidade", será ???

Imagine você na sua casa e de repente você é surpreendido por uma criatura com uma capacidade de raciocínio muito superior a sua(nem sempre), portando uma arma de alta tecnologia com a qual ele tentará tirar sua vida e levá-lo como troféu para o habitat dele. Pois é, isso é o que acontece nesse "esporte" onde alguns conseguem ver "virilidade".

Esse "esporte" fez com que os peixes objeto desta prática desaparecessem do litoral norte de SP, especialmente das praias de Ilhabela, onde já não mais são encontrados badejos, garoupas e outros, na mesma quantidade que existiu um dia.

Este tema levanta não apenas a questão do respeito a vida animal, mas também a questão da preservação da espécie, temas distintos porém que certas vezes se relacionam.

Muitos vão dizer que a virilidade está em entrar no ambiente do peixe, onde não temos a mesma condição que eles, e buscar a caça, como os animais fazem no ambiente natural. Bom se formos praticar tudo o que os animais fazem no ambiente natural o mundo viraria um caos.

Uma saída que penso ser justa e interessante para esta "pratica esportiva" seria substituir o covarde arpão, pelas máquinas fotográficas, tendo uma forma mais humana e consciente de demonstrar a verdadeira virilidade, pois ninguém pode ser considerado viril se é covarde.

Fica a sugestão.

Abraços

Sunday, August 13, 2006

Hungry Vegan Chubby Vegan Commercial

Um suposta propagando de uma lanchonete Vegan que serve o "Tofu Tower" composto por 4 fatias + 4 fatias de queijo de soja sem lactose + pão integral sem gluten + brotos e um "Big Green Gulp" um suco 20 ounces de clorofila de trigo ...rs O vídeo é bem engraçado e a tirada é boa, apesar de sabermos que essa combinação envolvendo Tofu, pão integral e suco de clorofila é mais um rótulo do que uma opção interessante e saborosa para ser oferecer nos moldes de fast food... De qualquer forma fica a sugestão para um dia podermos comer boas opções Vegans em um Fast Food.

Saturday, August 12, 2006

Veg TV


Agora contamos com um canal de TV voltado para nós, Vegetarianos.
O canal apresenta tudo o que é possível dentro do universo vegetariano: receitas, questões nutricionais, eventos, celebridades, campanhas e muito mais.

Por enquanto apenas em Inglês, quem sabe em breve teremos um em português.
http://www.vegtv.com/


Voltando ao tema Hamburger, pelo qual confesso ser um viciado, estou postando aqui os links das marcas disponíveis em alguns supermercados e lojas especializadas.

Promoeto em breve a relação dos melhores veg burgers servidos em Sampa.

Veganos

www.soybuena.com.br/hamburguer.htm

ainda não provei.

http://www.samuraitofu.com.br/burguer.htm

considero o melhor Veg Burger que já comi na minha vida, especialmente o de Tofú com Legumes, além de gigantes tem excelente textura, sabor e qualidade. Já o preço não é dos mais convidativos, porém é bem pago.

http://www.perdigao.com.br (procurar por hamburger vegetal)

Se não for bem preparado ele despedaça, o sabor é mto bom e a qualidade tb(é Vegano) .

Incerto ou com clara de ovo

www.superbom.com.br/

O pioneiro do mercado está a venda há muito tempo, o site não informa mas parece que leva albumina(clara de ovo) na composição, o sabor é imitação de carne, a textura é boa e o preço é um pouco mais caro que o da perdigão e sadia, mas a empresa é vegetariana.

http://www.sadia.com.br/br/produtos/produtos_37623.asp

Leva clara de ovo na composição, o sabor e a textura são bons e o preço regula com o da perdigão.

Para quem não curte muito cooisas industrializadas há inúmeras receitas de hamburgeres vegetarianos na net, de soja, lentilha, cenoura, brócolis e outros.

Espero que tenhamos cada dia mais opções de hamburgeres vegetarianos seja em restaurantes ou nos mercados.

Abraços

Tuesday, August 08, 2006

A verdade on line

Com a nova realidade dos documentários, somada as nova facilidades das redes sociais como o orkut, e outras ferramentas de informação como o You Tube, presenciamos um aumento vertiginoso na divulgação dos documentários sobre a realidade que os animais são submetidos nos dias atuais.

Com isso o número de defensores ligados a causa, vegetarianos e ativistas vem aumentando a cada dia, por outro lado há aqueles que, mesmo tomando conhecimento das atrocidades em relação a vida, ao meio ambiente e a própria saúde preferem manter-se com seus mesmos hábitos por vezes chegando a ironizar a causa. Vemos portanto um tipo de polarização entre duas posturas éticas e com consequências distintas na sociedade.

Demorou muito tempo para que tivéssemos um documentário tão completo, e por consequência convincente, como o "A Carne é Fraca" o qual reúne todas as informações sobre o sofrimento dos animais, a destruição ambiental e as questões de saúde envolvidas na industria da carne, este documentário vem causando a adoção de milhares de pessoas a uma dieta vegetariana, a grande maioria na primeira vez em que assiste ao documentário.

Recentemente foi lançado um outro documentário na mesma linha, o Earthlings(Terraqueos), o filme produzido nos EUA segue o mesmo foco porém com cenas mais agressivas e reais, e também está se popularizando na net.

Esta nova realidade, por conta da facilidade de acesso a informação faz com que causas nobres e tocantes ao ser humano, como a questão do respeito a vida animal seja propagado cada dia mais, portanto, nós ativistas vegetarianos devemos usar estas ferramentas para possibilitar cada dia mais a divulgação da nossa causa, mas não apenas com imagens fortes como a dos dois documentários, mas também subindo no You Tube receitas, eventos, shows e demais atividades possíveis, focadas para o público vegetariano.

Abraços.


Monday, August 07, 2006

Mc Veggie, por que não ???


Sem sombra de dúvida, tornar-se vegetariano ainda requer uma série de privações que, em maior ou menor intensidade, acabam influenciando o convívio social.

Obviamente que, por se tratar de uma escolha que dá mais valor à vida do que aos "prazeres sociais" este comparativo acaba tornando-se irrelevante, fazendo que nos adaptemos a comer comidas preparadas por nós mesmos, ou restringirmos nossas refeições fora de casa a alguns restaurantes que possam nos atender.

Muitos vegetarianos se mostram contra a idéia de uma opção de sanduíche vegetariano no Mc Donald's, já outros aceitam a idéia com mais simpatia tendo em vista as restritas formas de ser atendido em algum estabelecimento que tenha o mínimo de conhecimento sobre sua opção alimentar. Convenhamos que a opção de salada do Mc Donald's, apenas de ter sido um início, está longe de ser considerado um atendimento digno aos vegetarianos, afinal de contas, diferentemente do que alguns pensam, não vivemos apenas de folhas.

Mas ainda que tivéssemos uma opção de um sanduíche vegetariano ou até vegano dentro da cadeia do palhaço Ronald, muitos vegetarianos se recusariam a comê-lo por diversas razões.

Vamos nos ater as questões importantes para os vegetarianos, caso contrário entraríamos em outros temas como o boicote efetuado contra a marca por ser um ícone do capitalismo e globalização, e apesar de acreditarmos que estes poderiam ser conduzidos de outra maneira, não estamos interessados em debater isso aqui.

Algumas das mais óbvias razões pela qual um vegetariano não consumiria um hambúrguer vegetariano do Mc Donald's é o fato da rede vender inúmeros produtos envolvidos na exploração e morte de animais, o que trás indignação para aqueles que abraçaram o vegetarianismo pela causa animal. Algo que poucos sabem e merece comentários é o fato do Mc Donald's ser referência mundial na busca de formas de minimizar o sofrimento dos animais nos processos de produção, o que particularmente consideramos uma evolução, uma vez que eles não deixarão de vender carne, ainda.

Apesar de ser compreensível o raciocínio do boicote a rede, enfrentamos um julgamento de valores nesta situação, de um lado ajudar a financiar uma indústria já estabelecida com o consumo de carne, e de outro incentivarmos esta mesma indústria a ingressar em um caminho novo e livre de crueldade com os animais.

Devemos considerar que um olhar realista para o mundo atual jamais trará a possibilidade de uma grande mudança da noite para o dia nos hábitos de consumo alimentares, salvo por doenças como a vaca louca, gripe do frango e afins, ou por meio da conscientização dos consumidores em relação ao processo de produção da carne. Levemos em conta a informação como uma das nossas melhores ferramentas para a divulgação do vegetarianismo, neste sentido devemos lembrar que, quanto o maior número de locais vendendo opções vegetarianas e divulgando isto, melhor será para a causa, seus participantes e o ingresso de mais pessoas na opção alimentar.

O boicote por parte dos vegetarianos a uma iniciativa de uma grande marca ou rede que coloquem produtos voltados a esse público será interpretada de duas formas, a primeira e mais provável é que não há mercado consumidor para estes produtos, e a segunda e que somente seria identificada por pesquisas é a de que os vegetarianos não estão interessados em produtos de empresas que também vendam carne e pretendam atender este mercado.

Não acreditamos que nenhuma das duas seja vantajosa para nós o vegetarianismo, em especial a segunda interpretação, na qual conclue-se que os vegetarianos estão boicotando estes produtos, pois não teremos a oportunidade nem a curto ou médio prazo de frequentarmos uma rede de lanchonetes ou comprarmos um produto de empresas genuinamente vegetarianas.

Infelizmente a mudança só acontecerá nas empresas quando os consumidores mostrarem que querem opções vegetarianas, fazendo desse um novo mercado a ser trabalhado, com respeito aos princípios que movem o consumo vegetariano.

Abraços.

* a foto ilustra um espaço no MC donald's possívelmente de alguma região daÍndia onde não se vende carne, quem sabe um dia chegaremos lá.

Sunday, August 06, 2006

Peixe revoltado se vinga de pescador !!!


Bem que poderia ser real, mas infelizmente não passa de uma brincadeira para chamarmos a atenção para a questão dos peixes.

Apesar de muitas pessoas imaginarem que os peixes não sentem dor ou sofrimento, pesquisas recentes concluiram que eles são dotados de um sistema nervoso complexo, tem a capacidade de sentir dor, sofrer, reconhecer pessoas, entre outras capacidades até então não comprovadas cientificamente.

Quando eu era bem novo tinha como hoppy o aquarismo marinho, e me recordo de uma loja na Rua Pamplona onde havia um peixe da raça balistóides que há muitos anos estava no aquário de lá, ele era capaz de reconhecer o dono da loja e comia diariamente na mão dele, e só na mão dele !!! Ai de quem se atreve-se a colocar a mão dentro do aquário, essa espécie é muito feroz e dotada de dentes afiados, e os desavisados que tentaram se socializar com nosso amiguinho ganharam umas belas dentadas.

Como se não bastasse o fato de se tratar de um animal capaz de sofrer, também nos deparamos com uma delicada questão ambiental envolvendo os nossos amiguinhos de escamas, dois terços das espécies de peixes exploradas comercialmente estão ameaçãdas de extinção. Este fato insano tem sido um pouco mais eficaz para algumas pessoas do que a questão do sofrimento na pesca.

A pesca esportiva, caça submarina e aquarismo são práticas que também trazem sofrimento desnecessário aos peixes, destas 3 modalidades o aquarismo talvez seja uma das mais polêmicas, pois mesmo não tendo a intenção de pescar o animal, nesta prática eles são tratados como um produto, distribuido em feiras, deixados sem os devidos cuidados e até jogados na privada quando não se tem mais interesse nos mesmos. O filme Procurando Nemo passa, de forma fantasiada, um breve comentário sobre as implicações desta prática.

Infelizmente ainda se tem a falsa impressão de que comer peixes e frutos do mar é uma opção do universo vegetariano, e muitas pessoas justificam sua alimentação com esse argumento: sou vegetariano, só como peixe !

Não, vegetarianos não comem nenhum tipo de carne, logo os peixes também estão salvos destas sentença.

Frequentemente escutamos as frases: "mas nem um peixinho ?", "atum você come?", "pra quem não come carne temos peixe!" e por ai vai.

Estamos a cada dia aumentando o número de representantes da causa Vegetariana e quem sabe, em poucos anos não iremos sofrer mais pelo desconheciemnto da nossa opção, enquanto isso ainda perderemos algum tempo respondendo "nem peixe".

Abraços.

Saturday, August 05, 2006

Inversão de papeis


Resolvi montar este blog pois há muito tempo vinha pensnado nesta possibilidade. Pretendo alimentá-lo(sem carnes) com grande frequência para debater todos os assuntos envolvidos no vegetarianismo.

Para iniciar a conversa gostaria de ouvir alguns comentários sobre esta estátua que ficava em uma praia Californiana.

Agressíva ? Da parte de quem a criou ou dos olhos de culpa dos expectadores ?

Abraços.